Kamagra 100mg Teilen,Kamagra Apotheke kamagra apotheke Kamagra Shop,Kamagra Shop 24 kamagra shop Kamagra Bestellen Auf Rechnung,Kamagra Bestellen Deutschland kamagra kaufen deutschland Cialis bestellen: Wo geht das sicher und ohne Rezept cialis bestellen ? Cialis 20mg kaufen | Cialis kaufen direkt aus Deutschland | ohne Rezept cialis 20mg ? Cialis 20mg kaufen | Cialis kaufen direkt aus Deutschland | ohne Rezept cialis 20 mg kaufen Kamagra 100mg Preis,Kamagra 100mg Tabletten kamagra tabletten

Contato :   (92) 3302-5115      (92) 98137-9040

Kamagra Naisille,Kamagra Oral Jelly Naisille,Kamagra 100mg kamagra naisille Levitra Generico Precio levitra precio levitra belgie,levitra kopen,levitra generiek levitra generiek Levitra 10 Mg Kopen,levitra 10 Mg Ervaringen,levitra 10 Mg,levitra 10 Mg Bayer levitra 20 mg kopen Levitra Hinta Suomessa levitra hinta Cialis en ligne, achat Viagra sans ordonnance, acheter Cialis en ligne viagra sans ordonnance Comment utiliser Kamagra Jelly kamagra effet

Veículo zero-quilômetro defeituoso enseja danos morais à consumidora

Veículo zero-quilômetro defeituoso enseja danos morais à consumidora

O juiz Eduardo Walmory Sanches, da 1ª Vara Cível de Anápolis, condenou a concessionária Autoeste Automóveis LTDA e a montadora Fiat S/A a pagarem a quantia de R$ 15 mil, por danos morais, a uma consumidora que comprou um veículo zero-quilômetro defeituoso. As empresas rés terão, ainda, de restituir o valor gasto com o carro, em quantia que será calculada em fase de liquidação de sentença.

Na petição, a autora alegou que comprou um automóvel modelo Palio em 6 de maio de 2013 e, com apenas 3.100 quilômetros rodados, teve de trocar os cabos de seleção da marcha. Em novembro do mesmo ano, ela retornou à concessionária com o mesmo problema e, em janeiro seguinte, sua queixa reportou trepidação no câmbio. Em abril de 2014, mais uma vez, ela foi à empresa com reclamações até que, por fim, vendeu o carro para terceiros, com os mesmos problemas.

Para o magistrado, os problemas apresentados pelo veículo não podem ser considerados normais. “Lembre-se que o preço do automóvel no Brasil é muito elevado (… e se) e o consumidor faz a opção de comprar um veículo zero-quilômetro, acreditando que não terá tais tipos de problemas (defeitos sucessivos no carro que o deixam dias e dias sem poder usar o veículo). Há uma justa expectativa no consumidor sobre a qualidade do produto. Portanto, a frustração em ter que retornar várias vezes à concessionária para reparar defeitos diversos é sim causa de indenização por danos morais.”

Para a decisão, o magistrado considerou o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 18, que dispõe que a empresa responsável pela comercialização a fabricante respondem objetiva e solidariamente pelos vícios de qualidade não solucionados a contento no prazo máximo de 30 dias. Caso não haja solução, é assegurado ao adquirente a substituição do bem ou a restituição do valor pago, à sua escolha.

Sobre os danos materiais, Eduardo Walmory esclareceu que, como a autora vendeu o carro, ficou impossível a substituição do veículo. “Por decorrência lógica, resta a outra hipótese legal que é a restituição da quantia paga levando-se em consideração o valor pago pelo consumidor à época da compra, o período de uso do veículo pela autora (análise da taxa de depreciação) e a data da venda do bem”. Veja sentença. (Texto: Lilian Cury – Centro de Comunicação Social do TJGO)

FONTE: TJGO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *